Itabuna
Intensificadas ações para ampliar matrículas na rede
Anorina Smith Lima

Crédito: Arquivo/Secom

A Secretaria de Educação (SEC) de Itabuna está intensificando as ações visando ampliar o número de alunos matriculados na Rede Pública Municipal de Ensino. Neste sentido, os diretores estão sendo orientados para que façam monitoramento e acompanhamento do trabalho dentro de cada escola. Além dos gestores, os pais dos alunos devem procurar as unidades escolares para fazer as respectivas matrículas. A SEC também está priorizando estudantes transferidos de outras escolas.

O objetivo central é ampliar o número de alunos matriculados no município, desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental, uma vez que nos últimos anos houve um decréscimo no quantitativo. Este aumento ajudará a ampliar os repasses do Governo Federal pelo FUNDESB, Programa de Alimentação Escolar. “Tivemos umas baixa de 1.600 alunos, precisamos recuperar esse número, até para recebermos do Governo, repasses que irão ajudar nas ações da Secretaria de Educação”, ressaltou Anorina.

As matrículas dos alunos que residem no condomínio São José estão praticamente concluídas, por esse motivo, os pais devem procurar ou se dirigir as escolas circunvizinhas. Quanto ao Jubiabá e Gabriela, a secretaria está realizando um levantamento, alocando alguns estudantes para escolas no Bairro de Ferradas.

Na educação infantil, Anorina informou que o município está contando com três creches liberadas pelo Governo Federal. Durante este mês de Fevereiro, empresas poderão entrar no processo de licitação para a construção de novas creches. A intenção da Secretaria é que a ação transcorra o mais rápido possível.  De acordo com a educadora, “há vários espaços alugados, mas que não são apropriados para as crianças”.

Quanto à escola Lucia Oliveira, Anorina ressaltou que já existe uma negociação com os sindicatos para que evacuem do local. A Procuradoria do Município entrou com uma ação, e até segunda-feira (20) retomará o espaço, para em seguida, anunciar o inicio das matrículas. O prefeito Fernando Gomes garantiu celeridade na reforma da escola, que será reestruturada com recursos próprio do município.

Sobre o Proeja (Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adulto), a secretária informou que está estudando a possibilidade de mudanças neste nível de Jovens e Adultos. Já existe um grupo de estudos instituído na Rede Pública Municipal que irá modificar a proposta pedagógica para uma escolarização anual e não mais por ciclos. “Este grupo vai sinalizar algumas mudanças e dar alternativas que possa fazer em todos os níveis, inclusive na modalidade do Proeja” – finalizou.


Anorina Smith Lima

Crédito: Arquivo/Secom

 
Mais Notícias
   17/2/2017 - Desembargador do TJB propõe parceria com Prefeitura
   15/2/2017 - Fernando lança ´Pacote de Obras´
   14/2/2017 - Carnaval Antecipado teve menos ocorrências policiais que em dias normais
   14/2/2017 - 150 mil foliões participaram da festa, segundo cálculos da Prefeitura
   10/2/2017 - Saúde inicia recolhimento de pneus usados para combater mosquitos
   9/2/2017 - Encontro reuniu educadores da Rede Pública Municipal
   9/2/2017 - Regularização fundiária preocupa autoridades
   9/2/2017 - Settran anuncia intervenções no trânsito para o Carnaval Antecipado
   6/2/2017 - Fernando Gomes prevê déficit de 19 milhões na educação só este ano
   5/2/2017 - Mais da metade da barragem já foi executada; governo promete obra para este ano
   2/2/2017 - Casa Fácil vai facilitar a construção de moradias populares nos bairros
   2/2/2017 - Devido a problemas técnicos prorrogado vencimento da TTFF
   31/1/2017 - Técnicos vacinadores passam por capacitação
   30/1/2017 - Fernando não acata sugestão do MP e vai realizar o Carnaval
   30/1/2017 - Solicitada desocupação da Escola Lúcia Oliveira
   27/1/2017 - Escola Profissionalizante prorroga período de matrículas
   26/1/2017 - Projeto discute despoluição do rio Cachoeira
   26/1/2017 - Técnicos da Emasa avaliam a qualidade da água do Almada
   25/1/2017 - Discutida municipalização de seis escolas estaduais
   24/1/2017 - Novas inscrições no MCMV dependem da abertura de novos projetos



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout