Ilhéus
Novas ações do Peti serão implantadas
Combate ao trabalho infantil

Crédito: Reprodução

Na luta contra o trabalho infantil, diversas ações intersetoriais se somam pela garantia dos direitos das crianças e adolescentes. Uma das mais importantes é o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), que faz parte da Política Nacional de Assistência Social e passou por um redesenho para atender melhor as necessidades delas.

Em Ilhéus, as ações para o ano de 2018 estão sendo planejadas de acordo ao novo modelo, que resultou da avaliação da configuração do trabalho infantil no Brasil, revelada pelo Censo IBGE 2010, e dos avanços estruturais da política de prevenção e erradicação do trabalho infantil.

Conselheiros tutelares, agentes de saúde, professores e outros profissionais devem estar envolvidos e qualificados para atuar nas estratégias integradas de enfrentamento às situações de trabalho infantil.

Pensando nisso, a secretaria de Desenvolvimento de Ilhéus realizará nas próximas semanas uma reunião com representantes de diversas secretarias do município para apresentar o redesenho do programa e mostrar as propostas de trabalho.

O redesenho fortalece o papel de gestão e de articulação da rede de proteção, por meio das ações estratégicas para enfrentamento. “A atualização do PETI aprimora as ações de transferência de renda e o trabalho social com crianças, adolescentes e suas famílias. A oferta de serviços socioeducativos foi reordenada para potencializar esses atendimentos”, destaca Jéssica Varjão, coordenadora do programa.

O serviço realizará uma intervenção social articulada ao Serviço de Atenção Integral a Famílias (PAIF), ao Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI) e como Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), com o objetivo de complementar o trabalho social, prevenindo a ocorrência de situações de risco social e fortalecendo os vínculos familiares e comunitários por meio da convivência.

“Assim, a oferta dos serviços ficam ampliadas, inserindo outros públicos além daqueles retirados do trabalho infantil, diversificando as trocas culturais e minimizando estigmas e preconceitos”, finaliza a coordenadora.


Combate ao trabalho infantil

Crédito: Reprodução

 
Mais Notícias
   16/5/2018 - Ilheense lançou livro com foco na reciclagem de pilhas e educação ambiental
   16/5/2018 - Morte de Schaeppi deixa cidade de luto
   15/5/2018 - Fórum de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual acontece na sexta
   15/5/2018 - Dia Nacional da Adoção terá espaço no Projeto Ciranda na Praça
   11/5/2018 - Espetáculo teatral gaúcho será apresentado em praça pública
   11/5/2018 - Maio Amarelo já promoveu duas mil abordagens
   11/5/2018 - Escola de Piaçaveira deve ser concluída neste primeiro semestre
   11/5/2018 - Viaduto passa por manutenção
   11/5/2018 - Formada a primeira turma do Projeto Jovem Social
   9/5/2018 - Viaduto Catalão não corre risco de desabamento
   9/5/2018 - Casas populares serão construídas na zona rural
   9/5/2018 - Prefeito luta por recursos para requalificação asfáltica
   9/5/2018 - Maio Amarelo propõe reflexão sobre a mobilidade urbana
   9/5/2018 - APAE conquista medalhas em Olimpíada Estadual
   9/5/2018 - Atendimentos da Policlínica da Conquista estão sendo feitos no Cidade Nova
   9/5/2018 - Prefeitura e MPT formam primeira turma do Projeto Jovem Social
   9/5/2018 - Com Cauc em dia, cidade viabiliza novos recursos para investimentos
   9/5/2018 - Marão pede ao Estado celeridade para implantar Cidadelle e Assaí
   8/5/2018 - Nova iluminação da Soares Lopes será 80 por cento melhor que a atual
   6/5/2018 - Novos membros do Conselho de Turismo tomam posse dia 18



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout