Ilhéus
Programa Despertar premia alunos vencedores de ações pela sustentabilidade
Familiares acompanharam a premiação

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

Maria Eloisa Pinto, de 11 anos, estudante do Japu, emocionou professores, familiares e autoridades municipais, ao falar hoje sobre sua participação no Programa Despertar. Escolhida como “Agente” da sua turma, durante a votação do melhor projeto ela falou sobre a importância da convivência com um mundo sustentável e ambientalmente mais justo. “O mundo está doente, acorde minha gente”, protestou.

Como líder da comunidade estudantil, ela - ao lado de colegas da Educação Infantil ao 9º ano e professores da rede - desenvolveu um projeto de conscientização ambiental na localidade interiorana de Ilhéus. Seu grupo construiu horta comunitária, esclareceu a respeito de como identificar resíduos recicláveis, diminuiu a quantidade de lixeiras viciadas e hoje trabalha a conscientização entre os moradores mais antigos do local. “O primeiro passo que dei foi limpar o meu próprio quintal”, assegura Maria Eloisa.

A estudante foi a vencedora do concurso que escolheu o melhor projeto e, consequentemente, o melhor “Agente Despertar” na rede municipal de Ensino. Ganhou uma bicicleta pela liderança. Maria Eloisa é uma semente de esperança plantada através de um trabalho conjunto do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/Bahia) e Prefeitura de Ilhéus, por intermédio da secretaria municipal de Educação.

Interior de Ilhéus - Entre março e novembro deste ano, o programa envolveu professores e cerca de 4.500 estudantes de 10 localidades e 13 escolas da zona rural do município. Criado em 2005, pela primeira vez a iniciativa acontece em Ilhéus atendendo a um pedido da deputada estadual Ângela Sousa. O Programa Despertar é um instrumento para formar cidadãos empenhados na revitalização da importância do coletivo, na defesa da sociedade e do meio em que vivem.

O Programa, com respaldos nos PCN's (Parâmetros Curriculares Nacionais) está voltado para os temas transversais Meio Ambiente, Ética e Cidadania, Saúde e Trabalho e Consumo. A ideia central é formar cidadãos rurais conscientes, aptos a exercer a cidadania e a participar do processo de um desenvolvimento mais próximo da sustentabilidade.

Consciência - “Ao realizarmos as aulas práticas com os estudantes, percebemos pessoas da zona rural vindo comprar tempero na sede do município. Donas-de-casa jogando panelas de óleo nos rios. Isso está errado”, revela a professora municipal Mariângela Bahia, coordenadora de campo do programa. Presidente do Sindicato Rural de Ilhéus, o agricultor Milton Andrade defendeu que tudo melhora quando é possível se levar conhecimento. “Unidos, temos que aproveitar este momento, reivindicando e trazendo outros programas do gênero para o interior de Ilhéus”, afirmou.

A deputada estadual Ângela Sousa destacou o olhar amplo e cidadão que tem para o campo o presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), o baiano João Martins, de quem encontrou apoio para trazer o programa inédito para Ilhéus. “A zona rural fala ao meu coração”, afirmou. A secretária de Educação, Eliane Oliveira, reitera a importância do programa como instrumento do entendimento de gerações futuras para a sustentabilidade e o prefeito Mário Alexandre, destaca que o mais importante desta iniciativa é a oportunidade de conquistar conhecimento e promover a propagação do conceito do desenvolvimento sustentável para a geração mais jovem.

Além de aulas práticas, o Programa Despertar mobilizou oficinas, estudos em sala de aula e participação efetiva dos familiares dos estudantes, parceiros do programa durante todo o período. “Esta é, sem dúvida, uma integração perfeita da educação de qualidade”, destacou o prefeito de Ilhéus. Além da escolha de Maria Eloisa como “Agente Despertar”, uma comissão julgou as melhores ilustrações e redações estimuladas em sala de aula no transcurso do programa.

Os resultados foram os seguintes: Educação Infantil - Renato Brito - Aritaguá I; 1º Ano - Laila Santos Guedes - Santo Antônio; 2º Ano - Joilson dos Santos - Aritaguá I; 3º Ano – Elizabeth Assis Dos Santos - Castelo Novo; 4º Ano – João Gabriel - Aritaguá Ii; 5º Ano- Laine Vieira - Olivença; 6º Ano- Fabiane De Jesus - Banco Central; 7º Ano – Luziane Souza – Banco Central; 8º Ano - Yan Ramos Pinheiro - Castelo Novo e 9º Ano - Mistihele Deise dos Santos - Aritaguá I. Além da vencedora Maria Eloisa Pinto Silva -   5º Ano  - Japu, coube o segundo lugar de “Agente Despertar” para Isabelly Oliveira - 1º Ano - Santo  Antônio.

 

 


Familiares acompanharam a premiação

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

 
Mais Notícias
   18/2/2018 - Pediatria do Hospital de Ilhéus passará a atender crianças pelo SUS
   17/2/2018 - Parceria da Prefeitura e Estado resulta em 15 milhões de investimentos na saúde
   15/2/2018 - Inscrição de concurso de poesia estudantil segue até dia 9
   15/2/2018 - Vitória oferece orientação profissional para os alunos
   12/2/2018 - Desfile do domingo mostra a energia do povo no Carnaval Espontâneo
   11/2/2018 - Avenida recebe foliões e carnaval espontâneo anima o centro
   10/2/2018 - ´Zé Pereira´ toma conta das ruas do Pontal
   10/2/2018 - Avenida Soares Lopes receberá carnaval espontâneo
   10/2/2018 - Hotéis lotados por quem foge da folia
   10/2/2018 - Prefeitura só na quarta a tarde
   10/2/2018 - 62 salva-vidas farão a cobertura de praias no Carnaval
   10/2/2018 - Marão anuncia mais médicos e novos investimentos nas unidades de saúde
   10/2/2018 - Assentamentos terão sistema de água
   7/2/2018 - Ateliê Literário cria novas formas de produzir arte e estimular a leitura
   6/2/2018 - Prefeito prestigia posse da nova diretoria da AMEI
   6/2/2018 - Pavimentação é pedida ao Estado
   6/2/2018 - Saúde foi pauta de debates e de encontros em Salvador
   6/2/2018 - Lideranças trabalham pela manutenção dos voos da Azul
   3/2/2018 - Simpósio de Saúde Coletiva do Sul da Bahia recebe inscrições
   1/2/2018 - Ruas não pavimentadas na zona norte ganham melhorias



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout