A foto que é fato
O capitalismo selvagem e a dor de quem não sobrevive a ele
Cena marcante no Banco do Brasil em Ilhéus

Crédito: Maurício Maron

"A nossa escolha não tem por que ser feita entre socialismos que foram pervertidos e capitalismos perversos de origem, mas entre a humanidade que o socialismo pode ser e a inumanidade que o capitalismo sempre foi."

A frase imortalizada pelo escritor português José Saramago se confundiu, neste sábado, com a cena registrada pelo jornalista Maurício Maron, na agência do Banco do Brasil, em Ilhéus.

Enquanto clientes utilizavam os serviços do banco, um morador de rua descansava desaparcebido aproveitando o "conforto do ar condicionado" do local.

Sem sonho e sem esperança. Sam saldo, sem dinheiro e sem dignidade, talvez apenas sonhando com um sentimento descrito em outra frase, a de Jean Vercors: A humanidade não é um estado a que se ascenda. É uma dignidade que se conquista.


Cena marcante no Banco do Brasil em Ilhéus

Crédito: Maurício Maron

 
Mais Notícias
   15/3/2017 - O exemplo que não vem de casa
   15/3/2017 - Serviço malamanhado
   6/3/2017 - É mato ´pra dar de pau´
   3/3/2017 - A solução de três dias vai virar um problema para ano inteiro?
   25/2/2017 - A beleza centenária que se esconde em um emaranhado de fios
   16/1/2017 - O cenário que o turista não faz questão de ver
   12/1/2017 - Violência no trânsito faz comunidade de Serra Grande protestar
   1/1/2017 - Salvador e a chegada de 2017
   23/11/2016 - A imagem da falta de cidadania
   17/7/2016 - Devagar com o andor porque o santo é de barro
   23/5/2016 - Nas redes sociais, OAS anuncia a construção da nova ponte
   21/5/2016 - Uma noite para Jamil esquecer
   11/4/2016 - E a grama virou mato
   23/2/2016 - Fábio e Jabes fumam o Cachimbo da Paz
   3/2/2016 - A cena do desperdício
   16/1/2016 - Desesperados, torcedores do Colo Colo resolveram cuidar do gramado do ´Marão´
   4/1/2016 - Itabuna amanhece ´cinzenta´
   4/1/2016 - Movimento intenso na saída de Ilhéus no primeiro dia útil do ano
   1/1/2016 - Governo esquece centenário de prédio que guarda história da cidade
   1/1/2016 - Chegada de 2016 em Salvador



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout