A foto que é fato
A beleza centenária que se esconde em um emaranhado de fios
O prédio: dá para enxergar?

Crédito: Maurício Maron

Uma das cidades mais antigas do Brasil, Ilhéus não se preocupa em transformar seu acervo arquitetônico em atração para os visitantes e em preservação da sua história.

Uma cidade sem memória não tem futuro. É preciso estabelecer políticas públicas de preservação das fachadas antigas, mesmo as particulares, e transformá-las em atração pública.

Este prédio fica localizado nas proximidades da rua General Câmara, centro de Ilhéus.

Completou 100 anos de construído, ano passado. Revela em sua fachada os tempos áureos da economia local, com riqueza de detalhes que estimulavam os pedidos arquitetônicos dos coronéis do cacau, à época, como símbolo maior do seu poder econômico.

Hoje, o que poderia ser uma atração da cidade, não passa de um emaranhado de fios, numa Ilhéus onde planejar não é solução. É sonho.


O prédio: dá para enxergar?

Crédito: Maurício Maron

 
Mais Notícias
   15/3/2017 - O exemplo que não vem de casa
   15/3/2017 - Serviço malamanhado
   6/3/2017 - É mato ´pra dar de pau´
   4/3/2017 - O capitalismo selvagem e a dor de quem não sobrevive a ele
   3/3/2017 - A solução de três dias vai virar um problema para ano inteiro?
   16/1/2017 - O cenário que o turista não faz questão de ver
   12/1/2017 - Violência no trânsito faz comunidade de Serra Grande protestar
   1/1/2017 - Salvador e a chegada de 2017
   23/11/2016 - A imagem da falta de cidadania
   17/7/2016 - Devagar com o andor porque o santo é de barro
   23/5/2016 - Nas redes sociais, OAS anuncia a construção da nova ponte
   21/5/2016 - Uma noite para Jamil esquecer
   11/4/2016 - E a grama virou mato
   23/2/2016 - Fábio e Jabes fumam o Cachimbo da Paz
   3/2/2016 - A cena do desperdício
   16/1/2016 - Desesperados, torcedores do Colo Colo resolveram cuidar do gramado do ´Marão´
   4/1/2016 - Itabuna amanhece ´cinzenta´
   4/1/2016 - Movimento intenso na saída de Ilhéus no primeiro dia útil do ano
   1/1/2016 - Governo esquece centenário de prédio que guarda história da cidade
   1/1/2016 - Chegada de 2016 em Salvador



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout