Especial
Mirantes que revelam a beleza de Ilhéus estão abandonados
Pontos de abandono que revelam a beleza da cidade

Crédito: JBO/Maurício Maron

A função de um mirante em qualquer lugar do planeta é de desconrtinar um panorama de beleza e permitir que visitantes aproveitem um cenário de exuberância natural. Numa cidade como Ilhéus, turística, de beleza natural incontestável e de uma geografia que valoriza este tipo de arquitetura, espaços elevados como estes estão abandonados, sem segurança e sem servir de atrativo para quem visita a cidade ou para os seus moradores dispostos a apreciar cenários de beleza ao nascer ou ao pôr do sol.

"São espaços abandonados, sem a presença da administração municipal, entregues à própria sorte", resume Elias Fagundes, morador do bairro da Conquista. Lá, um mirante com vista para a baía do Pontal, tem iluminação precária, é cercado de mato e a segurança encontrada pelos moradores da redondeza para evitar que crianças despenquem diante de uma proteção de concreto desgastada pelo tempo, é aplicar entre uma barra de concreto e outra, uma faixa comercial de plástico para chamar a atenção do perigo no local.

No Mirante da Piedade, com vista para a praia da avenida Soares Lopes e bem em frente à Igreja da Piedade, em estilo gótico, o cenário de abandono é o mesmo: mato e ausência de um serviço de manutenção permanente que preserve a importância do lugar. Já em frente à Igreja de Nossa Senhora da Vitórias, o Mirante das Vitórias, com vista para a arquitetura da Catedral de São Sebastião e da praia da avenida, a área de proteção foi perdida com o abandono. O local é inseguro e nem turista nem nativo arrisca em dar uma paradinha para aproveitar o cenário deslumbrante.

A situação mais grave registrada pelo JBO é no mirante da Conquista que dá acesso à ponte Lomanto Júnior. Além do abandono semelhante aos demais visitados pela equipe do Bahia Online, este apresenta sinais de que, a qualquer momento, pode provocar um acidente de grandes proporções. O piso está cedendo e o mirante pode desaparecer caso medidas urgentes não sejam tomadas.

Nem mesmo na mais rotineira das operações de limpeza e manutenção realizadas pela Prefeitura, a exemplo do Ilhéus em Ação, estes espaços são lembrados. O que poderia servir como ponto de encontro de pessoas dispostas a aproveitar a beleza natural da cidade é, hoje, um espaço de abandono, desrespeito e medo. O Jornal Bahia Online tentou manter contato, via whatsapp com o vice-prefeito e responsável pela Operação Ilhéus em Ação, Cacá Colchões.

No entanto, apesar de estar online neste domingo, ele não retornou a tentativa de contato.


Pontos de abandono que revelam a beleza da cidade

Crédito: JBO/Maurício Maron

 
Mais Notícias
   13/4/2017 - Dona Carmosina, os 100 anos de uma mulher de crença e de fé
   30/1/2017 - Sarau da Yrerê chega à quarta edição com arte, cultura e gastronomia
   30/1/2017 - Nazaré completa oito meses sem registro de homicídios
   3/1/2017 - A arte sem regras de Guido Lima, o artista da liberdade que expõe Brasil afora
   11/7/2016 - Projeto devolve autoestima a mulheres diagnosticadas com câncer de mama‏
   17/5/2016 - Experiências criativas traçam ações para calendário turístico e econômico
   11/4/2016 - Portugal redescobre o Brasil através dos chocolates finos do sul da Bahia
   16/3/2016 - Obra da barragem sobre o Rio Colônia recomeça com desvio de rodovia‏
   29/1/2016 - Yrerê é um belo exemplo de como fazer Turismo Rural na região cacaueira
   13/1/2016 - Vocalista do Kart Love participa de campanha que valoriza a gentileza e o amor
   30/10/2015 - Por onde anda o Reúne Ilhéus? Um dos seus líderes, responde
   14/10/2015 - Professora desperta o gosto pela Sociologia com o encanto da fotografia‏
   4/9/2015 - Programa de Referência à Saúde do Idoso é destaque em Itabuna‏
   22/8/2015 - A semente de um bom negócio dá bons frutos ao agricultor familiar de Itabuna
   19/8/2015 - Governo reduzirá prazo de estoque de cacau e incrementará produção de chocolate
   12/8/2015 - Atriz Cláudia Rodrigues passa férias em Ilhéus
   11/6/2015 - Levantamento de área pode estabelecer a paz entre índios e produtores
   13/5/2015 - ´É possível o controle da hanseníase´, garante especialista
   9/4/2015 - Chocolate de Origem chega ao mercado com proposta de ser alimento funcional
   18/1/2015 - Favelização e descaso formam novo cenário do centro de Ilhéus



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout