Ilhéus
Mantida fiscalização sanitária na Central de Abastecimento do Malhado
Central mais limpa

Crédito: Secom/Rodrigo Macedo

A Secretaria Municipal da Indústria e Comércio (SEDIC) informa que o serviço de fiscalização sanitária será mantido na Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus, local onde funciona a maior feira livre da cidade, com a participação de centenas de feirantes e comerciantes. O secretário Paulo Sérgio Santos explica que a ação fiscalizadora é feita uma vez por semana, com a finalidade de conscientizar aos vendedores com relação à manipulação dos alimentos e melhorar a qualidade do serviço prestado aos consumidores.

Conforme o secretário, a recente ação de fiscais, gerou incompreensão em relação à necessidade do serviço. “Há algum tempo realizamos o trabalho de conscientização, sempre alertando aos feirantes, inclusive com diversas notificações, de que os alimentos não podem ser comercializados no chão”, alerta.

A coordenadora da Divisão de Vigilância da Secretaria de Saúde, Geovana Carolino, reforça a necessidade desse serviço, que obedece a algumas etapas. “Primeiro, nossa ação tem de ser forma educativa, conscientizando esses feirantes de como manipular os alimentos de forma correta. Os fiscais irão às barracas para conscientizar e orientar. Caso necessário, estipulam um prazo para que se adequem às normas que a Vigilância Sanitária preconiza, entretanto, caso isso não ocorra, é possível que haja a remoção dos alimentos”, salienta.

Higiene e saúde - A coordenadora explica que “os alimentos devem ser expostos na feira de maneira qualificada, independente de qual seja o produto, peixe ou alimentos crus. Nos deparamos com muitos produtos indevidamente expostos e isso implica em diversas situações como a questão da higiene e da saúde, por causa do risco de contaminação. Temos aí a leptospirose, contaminação através da urina de ratos que é o que mais fica explicito no solo. E a feira é um ambiente aberto, recebe um volume de chuva; alimentos ficam expostos no chão, sem lonas, sem elevação do piso”, adverte Geovana Carolino.

O vice-presidente da Associação dos Feirantes de Ilhéus, José Carlos, comenta que esse problema de mercadorias no chão tem sido discutido na Central. Para ele, existem erros da Prefeitura e dos feirantes. “É preciso a participação dos feirantes e as melhorias por parte do município. A associação tem o poder de ajudar administrar a feira de ajudar. O problema é quando chamo os feirantes para uma reunião com prefeito, a maioria diz que não tem tempo e, infelizmente, sozinho não posso fazer nada; para fazer alguma coisa tem de se fazer junto”, conclama.


Central mais limpa

Crédito: Secom/Rodrigo Macedo

 
Mais Notícias
   14/8/2018 - Programa De Férias Com o Ex Brasil grava a terceira temporada na cidade
   14/8/2018 - Logística para o Verão 2018-2019 integra vários setores da cidade
   14/8/2018 - PETI recebe medalha de honra pelo trabalho
   14/8/2018 - SDS realiza mutirão itinerante no bairro Nelson Costa
   14/8/2018 - Indicadores da Saúde serão apresentados nesta quinta
   14/8/2018 - Marão discute com a Valec projetos de compensação ambiental pela Fiol
   13/8/2018 - Recuperação da usina viabiliza início do Programa Asfalto Legal
   13/8/2018 - Saúde intensifica vacinação contra polio e sarampo
   13/8/2018 - Programa Despertar esclarece moradores do Banco Central
   13/8/2018 - Assinada ordem de serviço para recuperação da Unidade de Saúde do Nelson Costa
   13/8/2018 - Ilhéus comemora sua Padroeira nesta quarta
   10/8/2018 - Rede de atenção básica da saúde terá participação da Liga do Trauma da Uesc
   10/8/2018 - Vilas Boas participa de Encontro de Integração Ensino e Serviço da Saúde
   10/8/2018 - Vilas Boas participa de Encontro de Integração Ensino e Serviço da Saúde
   10/8/2018 - Defensoras Públicas Federais esclarecem dúvidas sobre direitos previdenciários
   9/8/2018 - Viabilizada capacitação para mototaxistas
   9/8/2018 - Escritores grapiúnas lançam livros durante Semana de Cultura Jorge Amado
   9/8/2018 - Alinhado repasse para o Fundo da Infância e Adolescência
   9/8/2018 - Audiência pública discutiu o Plano Municipal de Educação
   9/8/2018 - Reivindicações do setor de transporte escolar são atendidas



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout