Ilhéus
Sítio São Paulo é o primeiro ´loteamento fechado´ a obter regime jurídico
Regime jurídico

Crédito: Divulgação

O condomínio denominado Sítio São Paulo, localizado à margem da praia do Sul, no Bairro Francisco, foi o primeiro de Ilhéus a obter o regime jurídico de “loteamento fechado”, pelo prazo de 15 anos. O Decreto nº 087, assinado nesta sexta-feira, 6 de julho, pelo prefeito em exercício, José Nazal Soub, e pelo secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Alisson Mendonça, concede, através da Associação dos Proprietários e Moradores do Sítio São Paulo, o regime jurídico de loteamento fechado ao condomínio residencial Sítio São Paulo.

 

O Decreto foi baseado na Lei Municipal 3.745, de 9 de outubro de 2015, que estabeleceu a possibilidade de o Município conceder o regime jurídico de loteamento fechado às entidades que assim requererem. Nesse caso, a solicitação foi feita pela Associação dos Proprietários e Moradores do Sítio São Paulo mediante processo administrativo.

 

Em contrapartida à medida, salvo as determinações contidas na lei, o Município pediu a doação de uma área para futura construção de equipamento público, o que se materializou numa área de 2.671,71m2, localizada na Rua do Acupipe, no bairro Teotônio Vilela. A doação feita pela Associação foi devidamente registrada no Cartório de Registro de Imóveis do 1º Ofício.

 

Conforme o Decreto, a Associação dos Proprietários e Moradores do Sítio São Paulo passa a ser responsável, como concessionária, pela gestão do loteamento, a partir de 1º de agosto de 2018, devendo assumir diversas obrigações. Dentre elas, os serviços de manutenção e conservação de áreas verdes e árvores públicas, das vias públicas de circulação, calçamento, sinalização de trânsito e sistema de drenagem de águas pluviais; coleta e remoção de lixo domiciliar (o qual deverá ser depositado em local apropriado para recolhimento pela coleta pública); limpeza das vias públicas e sistema de escoamento de águas pluviais; prevenção e combate a sinistros, incêndio e pânico, além da manutenção e conservação da rede de iluminação pública.

 

Diante da medida, o Município de Ilhéus realizará inspeções quinquenais ordinárias no loteamento, a fim de verificar o fiel cumprimento das obrigações assumidas pela concessionária. Se houver motivo justificado, o Município poderá realizar inspeções extraordinárias no condomínio.


Regime jurídico

Crédito: Divulgação

 
Mais Notícias
   18/9/2018 - Trinta casais celebram matrimônio durante Casamento Comunitário
   18/9/2018 - Humanização e mobilidade, destaques na Semana Nacional do Trânsito
   18/9/2018 - São José inaugura nova ala hospitalar com capacidade para 38 leitos
   18/9/2018 - Audiência pública discutirá obra da Fiol em Ilhéus
   18/9/2018 - Cursos profissionalizantes qualificam moradores de Sambaituba
   18/9/2018 - Shows e debates sobre políticas públicas apresentados a comunidades da periferia
   17/9/2018 - Renovação do projeto da ZPE é o primeiro passo para viabilizar exploração
   17/9/2018 - Exposição ´Ilhéus em Flor´ marca a chegada da primavera
   15/9/2018 - Shows e debates sobre políticas públicas para periferia acontecem no TMI
   15/9/2018 - Inaugurado, PA da Conquista passa a funcionar na segunda
   14/9/2018 - Parceria entre a Prefeitura e Banco do Povo fortalece pequenos negócio
   14/9/2018 - Presidente mundial da Bamin conhece área do Porto Sul
   14/9/2018 - Secult realiza oficina voltada ao edital Manoel Barreto
   12/9/2018 - Ilhéus lidera ranking dos 10 maiores devedores na Justiça do Trabalho na Bahia
   12/9/2018 - Agentes de Trânsito participam de capacitação profissional
   12/9/2018 - Olivença terá duas creches-escolas indígenas
   12/9/2018 - Seminário gratuito debate sobre políticas culturais
   12/9/2018 - Autorizado estudo para inserção de biomédicos na saúde
   11/9/2018 - Saúde capacita servidores da Coordenação de Combate às Endemias
   11/9/2018 - Vacinação contra poliomielite e sarampo prossegue até sexta



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout