Ilhéus
Maio Amarelo já promoveu duas mil abordagens
Agentes no trabalho de conscientização

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

Com apenas uma semana de intervenção, já é possível contabilizar resultados da quinta edição da Campanha Maio Amarelo 2018, que tem como mote “Nós somos o trânsito”. Nesse período, nos turnos da manhã e da tarde, a Superintendência Municipal de Trânsito de Ilhéus (Sutran) realizou abordagem direta a 1.550 condutores de veículos e mais 450 pedestres. A proposta visa mobilizar a sociedade civil organizada, empresas, entidades de classe, associações, federações e órgãos de governos, para ampliar a conscientização sobre a conduta no trânsito.

A campanha parte de iniciativa coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil e coloca em pauta o tema da segurança viária, pela redução do número de acidentes nas vias. As ações do Maio Amarelo contam com o apoio do Detran, das Cias PM 68ª e 70ª, sindicatos, comerciantes, autoescolas e estudantes. No encerramento, haverá um Seminário Municipal, no dia 31, que vai debater trânsito e melhoria da mobilidade urbana em Ilhéus, realidade que terá transformações com a chegada da nova ponte entre o centro da cidade e o bairro Pontal.

Mais ações – De acordo com a coordenação de Educação para Trânsito da Sutran, Albervan Barreto, as ações do Maio Amarelo ocorrem durante todo o mês e até lá serão desenvolvidas palestras, blitzen educativas nas principais vias da cidade, panfletagens, apresentação de legislações específicas que estimulam os condutores de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas, bicicletas, pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro e convidados a exercerem a função de Agentes Multiplicadores desta ideia.

Segundo dados estatísticos da Organização Mundial da Saúde (OMS), os homens representaram 79,3 por cento das vítimas que perderam a vida. Já em relação às pessoas com deficiência, a campanha serve para educar e conscientizar condutores e usuários das vias públicas, assegurando o direito às vagas especiais conquistadas em lei. O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, atrás da Índia, China, EUA e Rússia. Segundo o Ministério da Saúde, em 2015, foram registrados 37.306 óbitos e 204 mil pessoas ficaram feridas.



Agentes no trabalho de conscientização

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

 
Mais Notícias
   17/10/2018 - Feira das Profissões da UESC começa nesta sexta
   17/10/2018 - MP recomenda fiscalização rigorosa para shows na Concha Acústica
   17/10/2018 - Moradores do Nelson Costa comemoram reinauguração do Posto de Saúde
   15/10/2018 - Caminhada da saúde marca ações do Outubro Rosa
   15/10/2018 - Entrega do Posto de Saúde marca o avanço no setor
   15/10/2018 - Festival Food Truck foi sucesso no feriado prolongado
   15/10/2018 - Populares fazem marcha pela paz e contra a intolerância religiosa
   14/10/2018 - Cidade realizou festa pública do Dia das Crianças
   12/10/2018 - Morre jornalista Edmundo Lemos
   12/10/2018 - Recapeamento chega à Dois de Julho
   12/10/2018 - Instalada a Comissão Permanente de Controle Interno
   12/10/2018 - Posto de Saúde do Nelson Costa será reinaugurado na próxima terça
   12/10/2018 - Segunda não tem aula na rede municipal
   12/10/2018 - Comitê Estratégico apresenta planejamento do Desenvolvimento Sustentável
   9/10/2018 - Comitê Estratégico debate Desenvolvimento social e Serviços urbanos
   9/10/2018 - SDS celebra Dia das Crianças com programação especial
   9/10/2018 - Biblioteca Pública sedia exposição de bordados
   3/10/2018 - Torneio da Primavera de Futsal reúne alunos do EJA
   3/10/2018 - Merenda escolar será reforçada com alimentos orgânicos
   3/10/2018 - Município deve enviar à Câmara Plano e Estatuto de Cargos e Salários



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout