Ilhéus
Maio Amarelo já promoveu duas mil abordagens
Agentes no trabalho de conscientização

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

Com apenas uma semana de intervenção, já é possível contabilizar resultados da quinta edição da Campanha Maio Amarelo 2018, que tem como mote “Nós somos o trânsito”. Nesse período, nos turnos da manhã e da tarde, a Superintendência Municipal de Trânsito de Ilhéus (Sutran) realizou abordagem direta a 1.550 condutores de veículos e mais 450 pedestres. A proposta visa mobilizar a sociedade civil organizada, empresas, entidades de classe, associações, federações e órgãos de governos, para ampliar a conscientização sobre a conduta no trânsito.

A campanha parte de iniciativa coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil e coloca em pauta o tema da segurança viária, pela redução do número de acidentes nas vias. As ações do Maio Amarelo contam com o apoio do Detran, das Cias PM 68ª e 70ª, sindicatos, comerciantes, autoescolas e estudantes. No encerramento, haverá um Seminário Municipal, no dia 31, que vai debater trânsito e melhoria da mobilidade urbana em Ilhéus, realidade que terá transformações com a chegada da nova ponte entre o centro da cidade e o bairro Pontal.

Mais ações – De acordo com a coordenação de Educação para Trânsito da Sutran, Albervan Barreto, as ações do Maio Amarelo ocorrem durante todo o mês e até lá serão desenvolvidas palestras, blitzen educativas nas principais vias da cidade, panfletagens, apresentação de legislações específicas que estimulam os condutores de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas, bicicletas, pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro e convidados a exercerem a função de Agentes Multiplicadores desta ideia.

Segundo dados estatísticos da Organização Mundial da Saúde (OMS), os homens representaram 79,3 por cento das vítimas que perderam a vida. Já em relação às pessoas com deficiência, a campanha serve para educar e conscientizar condutores e usuários das vias públicas, assegurando o direito às vagas especiais conquistadas em lei. O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, atrás da Índia, China, EUA e Rússia. Segundo o Ministério da Saúde, em 2015, foram registrados 37.306 óbitos e 204 mil pessoas ficaram feridas.



Agentes no trabalho de conscientização

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

 
Mais Notícias
   19/7/2018 - Vans e táxis terão que ter novos alvarás
   19/7/2018 - Governo estuda melhorias para a Central de Abastecimento do Malhado
   17/7/2018 - Assinada ordem de serviço para reforma do Cras Sul
   17/7/2018 - Projeto do novo Clube de Remo é apresentado
   16/7/2018 - Campanha Julho Amarelo intensifica combate às hepatites virais
   16/7/2018 - Intensificadas ações educativas para o controle da dengue
   16/7/2018 - Iniciada obra de recapeamento asfáltico em ruas e avenidas
   16/7/2018 - Clube realiza torneio de pesca pensando em mundial
   16/7/2018 - Assinados termos de concessão de uso do solo
   13/7/2018 - Recapeamento asfáltico nas principais ruas e avenidas de Ilhéus começa na 2ª
   13/7/2018 - Convocados mais aprovados em concurso público
   13/7/2018 - Assembleia define representantes para o conselho do Fundeb
   13/7/2018 - Unidade de Saúde recuperada recebe elogios dos moradores do Basílio
   12/7/2018 - Iniciada Campanha de Vacinação Antirrábica
   12/7/2018 - Secretários discutem sobre a gestão das praias urbanas
   12/7/2018 - 100 atendimentos de pediatria são realizados todo dia em hospital conveniado
   12/7/2018 - SDS avisa que o Sistema do CadÚnico está em manutenção
   12/7/2018 - Reduzidos acidentes de trânsito com vítimas fatais
   10/7/2018 - Decisão judicial que regulariza alvarás de táxi é cumprida
   10/7/2018 - Centro Pop realiza atendimento diário às pessoas em situação de rua



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout