Cultura
60 anos de ´Gabriela´ serão comemorados em Ilhéus
Vesúvio

Crédito: Maurício Maron

A primeira publicação do romance “Gabriela Cravo e Canela”, de Jorge Amado, completa 60 anos agora em maio. E, para lembrar a data, a Festa Literária de Ilhéus, que vai acontecer de 15 a 18 de maio, realizará o “Bate Papo Sete” com a temática “Romance Gabriela: literatura, história e turismo”, debatendo a importância da obra para a cidade e para a região cacaueira. Os professores e acadêmicos André Rosa e Ramayana Vargens, da Academia de Letras de Ilhéus, vão debater o tema, mediados pelo acadêmico Fabrício Brandão. O evento acontecerá no Teatro Municipal de Ilhéus, dia 18, às 14 horas.

Para além desta mesa redonda, a Secretaria Municipal de Cultura vai lançar nesta data um concurso literário sobre os 60 anos da obra. Os vencedores serão anunciados em agosto, segundo informações do secretário Pawlo Cidade.

Nova fase - O romance “Gabriela, cravo e canela” inaugurou uma nova fase na obra de Jorge Amado. A partir deste romance, o autor passou a atenuar o conteúdo político que marcou seus primeiros livros para dar ênfase à mistura racial, ao erotismo e a uma percepção sensorial do mundo. Ganham destaque as personagens femininas: as mulheres passam ao centro das narrativas como mito sexual, mas também como agentes do próprio desejo.

“Gabriela, cravo e canela” foi o primeiro livro escrito por Jorge Amado depois de deixar o Partido Comunista. Publicado em 1958, o romance recebeu no ano seguinte os prêmios Machado de Assis e Jabuti. Pouco depois, em 1961, Jorge Amado seria eleito para a Academia Brasileira de Letras, em grande parte graças ao estrondoso sucesso do livro. Gabriela virou novela da TV Tupi, em 1961, e mais tarde da rede Globo, em 1975 e em outra versão de minisérie. Traduzido para mais de trinta idiomas, Gabriela, cravo e canela é o livro de Jorge Amado com o maior número de traduções.

Valorização da literatura - A Festa Literária de Ilhéus vai agregar duas importantes iniciativas culturais da cidade: a 6ª edição da Feira do Livro da Uesc e 3ª. Edição do Festival Literário de Ilhéus (Flios). A iniciativa é resultado de uma parceria da Prefeitura de Ilhéus, Universidade Estadual de Santa Cruz, Fundação Pedro Calmon, instituição ligada à Secretaria Estadual de Cultura e Academia de Letras de Ilhéus (ALI).


Vesúvio

Crédito: Maurício Maron

 
Mais Notícias
   15/5/2018 - Elisa Lucinda abre Festa Literária de Ilhéus
   8/5/2018 - Encontro de Compositores do Litoral Sul acontece nesta quinta
   6/5/2018 - Divulgados os finalistas do Prêmio Sosígenes Costa de Poesia
   2/5/2018 - Ilhéus divulga primeira chamada do Edital Cultura Livre
   2/5/2018 - Festa Literária fomenta cultura e estimula a leitura em Ilhéus
   30/4/2018 - Encontro dos Berbert marca Jubileu de 200 anos da chegada ao Brasil
   18/4/2018 - Olivença sedia Jogos Indígenas Estudantis Tupinambá
   16/4/2018 - Festa Literária de Ilhéus será lançada nesta terça
   22/3/2018 - Ilhéus sedia encontro de carros antigos, motos, aeromodelismo e miniaturas
   22/3/2018 - Baiana System e Banda O Quadro se apresentam em abril na Concha
   19/3/2018 - Ilhéus é o novo destino da exposição ‘O navio negreiro’
   17/3/2018 - Além de memórias, Casa de Jorge Amado oferece souvenirs
   15/3/2018 - Nova geração de poetas de Ilhéus recebe premiação de concurso
   15/3/2018 - Oficinas de projetos itinerantes vão percorrer bairros de Ilhéus
   14/3/2018 - Juventudes, livros e zaps viram tema de debates na Flios
   8/3/2018 - Ilhéus lança prêmio para seleção de propostas culturais
   5/3/2018 - Encontro de Compositores do Litoral Sul começa quarta em Ilhéus
   21/2/2018 - Pedro Hoisel e Cris Diniz fazem show no TMI
   19/2/2018 - Ciranda Ilhéus na Praça reúne arte, cultura e gastronomia
   15/2/2018 - Ilhéus debate projetos culturais



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout