Meio Ambiente
Ilhéus realiza treinamento sobre arborização em parceria com MPE
Aulas teóricas e práticas no próprio Centro Administrativo

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

As árvores do Município de Ilhéus possuem a importante função de proporcionar equilíbrio paisagístico e regular o microclima urbano da cidade. Por essa razão, a Superintendência do Meio Ambiente, órgão ligado à secretaria municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes), promoveu ontem (9), no Centro Administrativo, um treinamento sobre arborização urbana, com objetivo de orientar os responsáveis pelo manejo sobre as novas diretrizes propostas pela secretaria, que incluem informações sobre poda adequada, critérios para remoção de árvores, entre outras normas. A ação aconteceu em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE), com apoio do promotor público estadual, Paulo Sampaio.

As palestras realizadas durante o curso, foram proferidas pelo professor e coordenador do Programa de Arborização Urbana da Universidade Estadual da Paraíba, Arnaldo Bezerra de Menezes, que também é secretário da Regional Nordeste da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana (SBAU). Durante o treinamento, servidores municipais ouviram temas como os benefícios da arborização, técnicas adequadas para a poda, critérios para a remoção e substituição de árvores, entre outros assuntos. Já hoje (10) pela manhã, aconteceu a parte prática do curso, com poda correta das árvores no próprio Centro Administrativo, no bairro da Conquista, com auxílio do técnico em podas, Joaquim Alves Bezerra.

Podas irregulares – Por sua vez, a Superintendência do Meio Ambiente, constatou que as supressões de exemplares arbóreos (cortes e podas), realizadas tanto por equipes da Prefeitura, quanto pela concessionária de energia elétrica Coelba, não seguiam as normas técnicas específicas. “Tomando como parâmetro a lei que disciplina o corte e a poda de vegetação de porte arbóreo, será exigida a obtenção de autorização para o corte de qualquer espécie de exemplar arbóreo, em propriedade pública ou privada, sob pena de sanção administrativa com imposição de multa”, argumenta o superintendente do Meio Ambiente em Ilhéus, Emílio Gusmão.

O manejo irregular, acrescenta o superintendente, “põe em risco a segurança do servidor público e o manejo drástico pode resultar na morte da planta. Se a poda for feita de forma errada, ofende todo o sistema de defesa da planta, além de criar proliferações de fungos e pragas, o que vai prejudicar o bem-estar da população. O curso serviu para subsidiá-los de argumentos técnicos e legais para que tenham segurança e serenidade no exercício de suas funções, tornando-se, também, multiplicadores destes conceitos. É importante frisar que além de treinar esses agentes, vai fornecer novos equipamentos de segurança que foram adquiridos através do Termo de Ajustamento de Conduta”.

“Uma experiência notável na minha vida, pois aprendi coisas da profissão que não sabia e agora, passei a saber e de forma mais qualificada”, resumiu o encarregado dos serviços, Jean José de Jesus, que coordena uma equipe de cinco pessoas, na SPA Serviços. Para ele, “o treinamento acrescentou informações importantíssimas sobre como lidar com a planta. O tipo de corte vai influenciar na saúde da árvore e isso, dobra a nossa responsabilidade. Além de cuidar melhor da árvore, aprendi também a importância de ser um agente atuante na preservação da natureza”, avaliou.

Parcerias – Atualmente, a Prefeitura de Ilhéus desenvolve projetos em parcerias com importantes instituições, a exemplo do Ministério Público Estadual e a ONG Floresta Viva, cuja ação é a implantação de um programa de adoção de árvores. As mudas são específicas para a arborização urbana e a estimativa é que dentro de três meses estejam disponíveis para o início do programa. Na prática, o cidadão poderá ligar e dizer que quer de adotar uma árvore. A equipe vai até o local, examina a área e indica a espécie ideal e planta. Daí por diante, o responsável assinará o termo de compromisso se responsabilizando por regar e cuidar durante todo o ciclo de vida.

O projeto contemplará todos os bairros da cidade, mas, conforme informou a Superintendência, será iniciado na Avenida Soares Lopes, no centro, por ser a principal avenida e, também no bairro Nelson Costa, na zona sul da cidade, cuja localidade possui o menor número de árvores da cidade, totalizando apenas 74 árvores. Quanto mais verde a cidade, melhor a qualidade do ar que se respira e mais agradáveis são a paisagem e o clima, as sombras criadas pelas copas, a umidade gerada pela vegetação em geral e a quantidade maior de área permeável, contribuem para o bem-estar de toda a cidade.

Uma árvore por habitante – São inúmeras as pesquisas que comprovam que áreas verdes reduzem a incidência de doenças cardíacas, respiratórias e ajudam crianças com hiperatividade. A quantidade mínima preconizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 12 m² de área verde por habitante, e a ideal é de 36 m², cerca de três árvores, por morador. O treinamento sobre arborização urbana é baseado na NBR 162461, por meio de norma técnica ambiental, que estabelece os procedimentos para a poda de árvores, arbustos e outras plantas lenhosas em áreas urbanas, em conformidade com a legislação aplicável.


Aulas teóricas e práticas no próprio Centro Administrativo

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

 
Mais Notícias
   14/4/2017 - Três praias impróprias para banho neste feriado da Semana Santa
   10/4/2017 - ‘Projeto Praia Limpa’ ganha apoio e mutirão da Prefeitura
   29/3/2017 - Empreendimento de alta categoria é embargado no litoral sul
   22/3/2017 - Carros-pipa não serão reduzidos na Bahia; seca castiga
   10/3/2017 - 130 ton de lixo por dia são coletadas em Ilhéus; cidade pode administrar aterro
   8/3/2017 - Em Ilhéus, postos de combustíveis devem regularizar licença ambiental até dia 20
   10/2/2017 - Representantes do governo alemão visitam Unidades de Conservação sulbaianas
   7/2/2017 - Despoluição do rio Cachoeira é uma prioridade para Itabuna, diz governo
   27/1/2017 - Três praias de Ilhéus impróprias para banho neste final de semana
   27/1/2017 - MPF quer demolição imediata e indenização de barraca de praia em Porto Seguro
   16/1/2017 - Cooperativa do sul da Bahia é finalista de Edital sobre sustentabilidade
   16/1/2017 - MP sugere parar retirada da ´restinga´ na Litorânea Norte
   6/12/2016 - Renovada licença ambiental da construção da Unidade do Sesi-Senai
   9/11/2016 - Apresentada proposta de zoneamento do Morro de Pernambuco em Ilhéus‏
   26/8/2016 - 3ª Edição do Fórum das Águas apresentará ações sustentáveis‏
   25/8/2016 - Ilhéus debate transferência da gestão das praias da União para os municípios‏
   30/7/2016 - Estudantes aprendem sobre preservação ambiental em visita ao Morro de Pernambuco
   11/7/2016 - ´Ame, Cuide, Preserve´ movimenta Lagoa Encantada, em Ilhéus‏
   16/6/2016 - Aprovada Lei que cria a Política Municipal de Resíduos Sólidos de Ilhéus‏
   10/6/2016 - Entidades formam Comitê Produtores de Água do Sul da Bahia‏



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout