Ilhéus
Novas ações do Peti serão implantadas
Combate ao trabalho infantil

Crédito: Reprodução

Na luta contra o trabalho infantil, diversas ações intersetoriais se somam pela garantia dos direitos das crianças e adolescentes. Uma das mais importantes é o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), que faz parte da Política Nacional de Assistência Social e passou por um redesenho para atender melhor as necessidades delas.

Em Ilhéus, as ações para o ano de 2018 estão sendo planejadas de acordo ao novo modelo, que resultou da avaliação da configuração do trabalho infantil no Brasil, revelada pelo Censo IBGE 2010, e dos avanços estruturais da política de prevenção e erradicação do trabalho infantil.

Conselheiros tutelares, agentes de saúde, professores e outros profissionais devem estar envolvidos e qualificados para atuar nas estratégias integradas de enfrentamento às situações de trabalho infantil.

Pensando nisso, a secretaria de Desenvolvimento de Ilhéus realizará nas próximas semanas uma reunião com representantes de diversas secretarias do município para apresentar o redesenho do programa e mostrar as propostas de trabalho.

O redesenho fortalece o papel de gestão e de articulação da rede de proteção, por meio das ações estratégicas para enfrentamento. “A atualização do PETI aprimora as ações de transferência de renda e o trabalho social com crianças, adolescentes e suas famílias. A oferta de serviços socioeducativos foi reordenada para potencializar esses atendimentos”, destaca Jéssica Varjão, coordenadora do programa.

O serviço realizará uma intervenção social articulada ao Serviço de Atenção Integral a Famílias (PAIF), ao Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI) e como Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), com o objetivo de complementar o trabalho social, prevenindo a ocorrência de situações de risco social e fortalecendo os vínculos familiares e comunitários por meio da convivência.

“Assim, a oferta dos serviços ficam ampliadas, inserindo outros públicos além daqueles retirados do trabalho infantil, diversificando as trocas culturais e minimizando estigmas e preconceitos”, finaliza a coordenadora.


Combate ao trabalho infantil

Crédito: Reprodução

 
Mais Notícias
   21/4/2018 - Cidade representada no encontro regional dos Conselhos Municipais de Educação
   20/4/2018 - Sutran recupera 10 motos que eram tidas como sucatas para fiscalizar o trânsito
   20/4/2018 - Dívida do município com Embasa chega a 30 milhões; Marão busca alternativa
   20/4/2018 - Encontro com dirigente da Bahiatursa debate calendário do ´Viva Ilhéus´
   20/4/2018 - Divulgado regulamento para contratar serviços artísticos-culturais
   20/4/2018 - Quatro postos de saúde estão em obras e serão entregues neste semestre
   19/4/2018 - Ao completar 18 anos, jovem tem o sonho do primeiro aniversário realizado
   18/4/2018 - Banco do Pedro ganhou Mutirão da Saúde após oito anos sem atendimento médico
   18/4/2018 - Ilheenses representam o Brasil em mundial de pesca surfcasting, no Reino Unido
   18/4/2018 - Medidas de proteção à criança e ao adolescente serão debatidas em maio
   18/4/2018 - Ilhéus lança Festa Literária que acontecerá em maio
   16/4/2018 - Hospital Regional Costa do Cacau amplia serviço ambulatorial
   16/4/2018 - Autoridades e comunidade buscam solução para alagamentos no Vilela
   16/4/2018 - Seminário capacita orientadores pedagógicos sobre violência contra menores
   16/4/2018 - Cavalgada leva grande público a Castelo Novo
   16/4/2018 - Ações de prevenção à IST/Aids e hepatites virais estão sob controle
   16/4/2018 - Aberto curso de empreendedorismo para jovens
   16/4/2018 - Nova iluminação da Soares Lopes já começou a ser implantada
   12/4/2018 - Faculdade Madre Thaís capacita em ´Excelência na farmácia comercial´
   12/4/2018 - Maramata está sendo recuperada e ampliada



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout