Ilhéus
Cerca de 200 mulheres terão que passar por exames adicionais de câncer de mama
Mulheres passaram pela primeira etapa de exames

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

Os resultados dos exames de rastreamento do câncer de mama – ação realizada em conjunto pelas secretarias estadual e municipal de Saúde no final de agosto – estão disponíveis na sede da secretaria, na avenida Vereador Marcus Paiva, Cidade Nova, em Ilhéus. Para a retirada do documento, a secretária Elizângela Oliveira explica que o paciente deverá estar munido do Cartão do SUS, RG e Comprovante de Residência. A Sesau está realizando este atendimento de segunda a quinta-feira, nos turnos da manhã e tarde.

Segundo Elizângela, na primeira etapa foram realizadas 2.906 mamografias, entre os dias 17 de agosto e 1º de setembro. Deste total, cerca de 200 exames apresentaram algum tipo de alteração e as pacientes terão que passar por exames adicionais para a identificação do problema. “Por isso é importante que todas as pacientes procurem pelo exame o mais rápido possível”, esclarece.

No início de dezembro – em data ainda a ser definida – técnicos da Secretaria Estadual da Saúde vão atender a estes casos, durante dois dias, na Policlínica da Conquista para fazer os devidos encaminhamentos de casos confirmados da doença. Em caso de necessidade de tratamentos cirúrgicos, as mulheres serão encaminhadas para Salvador, em vaga zero, ou seja, de imediato para o procedimento. Além dos pacientes de Ilhéus, passarão por este mesmo critério os da região pactuada pelo Sistema Único de Saúde.

O Programa Estadual de Rastreamento de Câncer de Mama – Estratégia Itinerante atendeu em Ilhéus, mulheres com idade entre 50 e 69 anos. O programa faz parte do projeto “Saúde sem fronteiras” e conta com o acompanhamento técnico da Diretoria de Projetos Estratégicos das Ações e Serviços de Saúde, órgão vinculado à secretaria estadual de Saúde (Sesab). O exame significa a ação de rastreamento para diagnóstico precoce, já que no Brasil o câncer de mama é a maior causa de óbito entre as mulheres, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

 


Mulheres passaram pela primeira etapa de exames

Crédito: Secom/Clodoaldo Ribeiro

 
Mais Notícias
   18/2/2018 - Pediatria do Hospital de Ilhéus passará a atender crianças pelo SUS
   17/2/2018 - Parceria da Prefeitura e Estado resulta em 15 milhões de investimentos na saúde
   15/2/2018 - Inscrição de concurso de poesia estudantil segue até dia 9
   15/2/2018 - Vitória oferece orientação profissional para os alunos
   12/2/2018 - Desfile do domingo mostra a energia do povo no Carnaval Espontâneo
   11/2/2018 - Avenida recebe foliões e carnaval espontâneo anima o centro
   10/2/2018 - ´Zé Pereira´ toma conta das ruas do Pontal
   10/2/2018 - Avenida Soares Lopes receberá carnaval espontâneo
   10/2/2018 - Hotéis lotados por quem foge da folia
   10/2/2018 - Prefeitura só na quarta a tarde
   10/2/2018 - 62 salva-vidas farão a cobertura de praias no Carnaval
   10/2/2018 - Marão anuncia mais médicos e novos investimentos nas unidades de saúde
   10/2/2018 - Assentamentos terão sistema de água
   7/2/2018 - Ateliê Literário cria novas formas de produzir arte e estimular a leitura
   6/2/2018 - Prefeito prestigia posse da nova diretoria da AMEI
   6/2/2018 - Pavimentação é pedida ao Estado
   6/2/2018 - Saúde foi pauta de debates e de encontros em Salvador
   6/2/2018 - Lideranças trabalham pela manutenção dos voos da Azul
   3/2/2018 - Simpósio de Saúde Coletiva do Sul da Bahia recebe inscrições
   1/2/2018 - Ruas não pavimentadas na zona norte ganham melhorias



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout