Bahia
Funai poderá consultar indígenas para nomeação de Coordenadores Regionais
Consulta às tribos

Crédito: Maurício Maron

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou, no último dia 16 de outubro, ao presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), que, na próxima nomeação do Coordenador Regional da Funai no Baixo São Francisco, realize consulta prévia aos indígenas locais. O gestor deverá observar o princípio da supremacia do interesse público sobre o privado, considerando critérios técnicos e objetivos.

A recomendação é resultado de uma reunião em Paulo Afonso (BA) no último dia 10, na qual estiveram presentes o procurador da República Bruno Lamenha, autor do documento, um representante da Funai e lideranças indígenas de municípios da região. No encontro, as lideranças afirmaram não reconhecer a legitimidade da nomeação de Edson Oliveira Maciel, ex-vereador de Paulo Afonso, para o cargo de Coordenador Regional — e alegaram ter sido “totalmente alijados do processo de escolha”, que se deu de forma “estritamente política e sem consulta prévia”.

Após atos políticos promovidos pelos indígenas em Paulo Afonso no dia 10, que ocuparam a sede da Funai no Baixo São Francisco, o Coordenador Regional recém-nomeado pediu exoneração do cargo. Durante a reunião, as lideranças também relataram ameaças às comunidades e falta de assistência da Funai. O procedimento preparatório nº 1.14.006.000245/2017-92 tramita no MPF para apurar demandas dos indígenas.

Na recomendação, Lamenha considerou que “os governos deverão consultar os povos indígenas e estabelecer os meios através dos quais eles possam participar livremente de decisões em instituições responsáveis pelas políticas e programas que lhes sejam concernentes”, conforme consta na Convenção nº 169 da Organização Internacional do Trabalho, da qual o Brasil é parte. O procurador também destacou recente recomendação expedida pelo MPF em Rondônia, que requereu a anulação da nomeação do Coordenador Distrital de Saúde de Porto Velho (RO) por ausência de devida consulta prévia aos indígenas.

O presidente da Funai tem dez dias, após o recebimento, para responder sobre o acatamento da recomendação.


Consulta às tribos

Crédito: Maurício Maron

 
Mais Notícias
   16/7/2018 - Prorrogadas as inscrições para 9 mil vagas em cursos técnicos de nível médio
   9/7/2018 - Governo entrega estudos da BR-415 ao TCU
   22/6/2018 - Governador decreta luto de cinco dias pela morte de Waldir Pires
   30/5/2018 - Rui anuncia convocação de 288 universitários pelo Partiu Estágio
   26/5/2018 - Rui declara apoio a manifestações e garante serviços públicos
   24/5/2018 - Rui assina projeto que estimula o conhecimento sobre a democracia em escolas
   23/5/2018 - Abertura da Marcha a Brasília ressalta expectativa por vitórias municipalistas
   23/5/2018 - Fazenda de Cacau em Una mantinha trabalho escravo, segundo MPF
   26/4/2018 - Marão destaca importância da IG do Cacau para a economia regional
   12/4/2018 - MPs recomendam que DSV intensifique o controle de pragas na importação de cacau
   4/4/2018 - Amigas transexuais são as primeiras a incluir nome social em título eleitoral
   4/4/2018 - Rui lança projeto que levará internet de alta qualidade para colégios estaduais
   22/3/2018 - Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, realiza Feira de Saúde
   19/3/2018 - Não há mais entraves para o início da duplicação da Ilhéus-Itabuna
   17/3/2018 - Professora da Uesc é reeleita presidente do Conselho Estadual de Educação
   7/3/2018 - Ministro das Cidades e Presidente da Caixa entregam MCMV em Ilhéus
   29/1/2018 - Programa de Inclusão digital é lançado em Salvador
   20/1/2018 - Policia sulbahiana recupera instrumentos de Caetano Veloso
   19/1/2018 - Rui anuncia 37 vagas para professor substituto na Uesc
   19/1/2018 - ´Vamos mudar o padrão de mobilidade urbana de Ilhéus´, diz Rui



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout