Economia
Rendimento do trabalhador baiano apresentou ganho real em 2016
Suor com ganho real

Crédito: Reprodução

De acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgada pelo Ministério do Trabalho (MTb) e analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan), o rendimento médio do trabalhador baiano em 2016 exibiu aumento real de 2,06%, passando de R$ 2.356,19, em 2015, para R$ 2.404,68 em 2016 – superior ao ganho real médio do trabalhador brasileiro, que avançou 0,79% no período.

Já no mês de setembro de 2017, segundo as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas também pela SEI, a Bahia criou 2.297 postos de trabalho com carteira. O resultado positivo decorre da diferença entre 43.770 admissões e 41.473 desligamentos. Após eliminação líquida de 4.360 e de 331 postos de trabalho nos anos imediatamente anteriores, o estado exibe registro positivo em sua série.

Setorialmente, em setembro, cinco segmentos contabilizaram saldos positivos - Agropecuária (+818 postos), Serviços (+750 postos), Comércio (+716 postos), Construção Civil (+541 postos) e Extrativa Mineral (+46 postos). A Administração Pública totalizou saldo zero. E, os Serviços Industriais de Utilidade Pública (-425 postos) e a Indústria de Transformação (-149 postos) desligaram trabalhadores celetistas.

Em relação à geração líquida de postos de trabalho, a Bahia (+2.297 postos) ocupou a terceira posição entre os estados nordestinos e a sexta no Brasil em setembro de 2017. Na Região Nordeste, além da Bahia (+2.297 postos), mais seis estados apresentaram desempenho positivo - Pernambuco (+13.992 postos), Alagoas (+7.411 postos), Ceará (+2.161), Paraíba (+1.975 postos), Rio Grande do Norte (+1.642 postos) e Piauí (+759 postos). Em contrapartida, Sergipe (-584 postos) e Maranhão (-9 postos) eliminaram posições celetistas. 

Analisando os dados referentes aos saldos de empregos distribuídos no estado, em setembro de 2017, constata-se que o resultado do emprego foi negativo na RMS, com fechamento de 169 postos de trabalho, e positivo no interior, com a geração de 2.466 posições celetistas.


Suor com ganho real

Crédito: Reprodução

 
Mais Notícias
   20/11/2017 - Cacau Bahia 2035 reúne agricultores, indústria, turismo e desenvolvimento
   13/11/2017 - Prefeitura faz alerta aos microempreendedores de Ilhéus
   30/10/2017 - Debatida abertura do mercado de cacau e chocolate de Ilhéus para os EUA
   30/10/2017 - ´Não cabe mais deixar o pessoal se virar e a gente ficar alheio´, diz Mário
   16/10/2017 - Mário defende fortalecimento do turismo regional com agenda integrada
   7/10/2017 - Cerca de 2 mil pessoas já foram capacitadas no Sul da Bahia
   27/9/2017 - Palestra com o ex-capitão do Bope abre a Semana de Capacitação em Ilhéus
   2/9/2017 - Prefeito diz que boa relação com Rui garante investimentos sonhados por Ilhéus
   29/8/2017 - Prefeito de Ilhéus baixa decreto e facilita abertura de empresas
   22/8/2017 - Encontro em Ilhéus inicia reestruturação da Câmara de Turismo da Costa do Cacau
   19/8/2017 - Setores do comércio e da indústria em Ilhéus ganham investimentos de 200 mi
   15/8/2017 - Cumprida a última etapa para implantar Vila Gastronômica do Banco da Vitória
   15/8/2017 - Multinacional vai investir 150 milhões de reais em fábrica de Ilhéus
   15/8/2017 - Itabuna se apresenta como a mais nova cidade ´amiga as abelhas´
   9/8/2017 - Sebrae Bahia tem inscrições abertas para processo seletivo
   8/8/2017 - Empresária de Itacaré vence etapa estadual do prêmio Mulher de Negócios
   31/7/2017 - Jorge Khoury é o novo diretor superintendente do Sebrae Bahia
   28/7/2017 - Ilhéus tem três finalistas do Prêmio Mulher de Negócios, do Sebrae
   25/7/2017 - Estande de Ilhéus na ABAV terá um sabor especial: o chocolate de origem
   25/7/2017 - Microempresas rurais baianos usam smartphones para acessar a web



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout