Ilhéus
Projeto Apadrinhamento Afetivo trabalha experiências e relacionamentos
Capacitação destacada

Crédito: Secom

Nos dias (2) e (3), no anexo da Faculdade Madre Thaís, as equipes da rede de acolhimento da secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus, Vara da Infância e Juventude e da Promotoria da Infância e Juventude participaram da capacitação para atuarem no Projeto Apadrinhamento Afetivo – Afeto que Transforma Vidas.  

Trinta e três profissionais entre assistentes sociais, psicólogos, pedagogos e coordenadores, a secretária de Desenvolvimento Social, Soane Galvão, a juíza da Vara da Infância, Sandra Magali Mendonça e a promotora de justiça da Vara da Infância, Maria Amélia participaram da capacitação que teve como metodologias aplicadas o psicodrama, teoria das redes sociais e psicologia comunitária.

De acordo com as psicólogas do Grupo de Apoio à Convivência Familiar e Comunitária – Aconchego de Brasília, Maria da Penha, que é coordenadora geral do Programa de Apadrinhamento Afetivo, e Eliana Carla Kobari, coordenadora do Núcleo de Crianças e Adolescentes, as metodologias “trazem experiências vivenciais que afloram o relacionamento interpessoal entre os participantes para que eles possam sentir e passar para os padrinhos e afilhados”, destaca.

Estudos de casos, dinâmicas, oficinas foram realizados para preparar a equipe e se tornarem mediadores que posteriormente vão preparar os padrinhos e as crianças e adolescentes para terem uma relação afetiva saudável.

“Nesses dois dias articulamos a rede, eles já estão capacitados, agora a próxima etapa é preparar as pessoas das comunidades para se tornarem padrinhos e associados, elas vão preparar também as crianças e adolescentes para se tornarem afilhados”, destaca as psicólogas.

Projeto em Ilhéus - Lançado na última quinta-feira, 28, pela Vara da Infância e Juventude, Promotoria da Infância e Juventude e secretaria de Desenvolvimento Social, o projeto está funcionando na sala, 117, da Faculdade Madres Thaís, na Avenida Itabuna, nº1491.

São as seguintes as modalidades. Apadrinhamento provedor, o padrinho pode ser pessoa natural ou jurídica, e dará suporte material ou financeiro à instituição, criança ou adolescente, com a doação de materiais escolares, vestuário, brinquedos, com o patrocínio de cursos profissionalizantes, reforço escolar, prática esportiva, idiomas ou arcando com os custos de alguma demanda especifica da instituição, da criança ou do adolescente.

Já o Apadrinhamento prestador de serviços, o padrinho, por meio de ações de responsabilidade social, se cadastra para atender à instituição, às crianças e os adolescentes, prestando o serviço, conforme sua especialidade de trabalho ou habilidade.


Capacitação destacada

Crédito: Secom

 
Mais Notícias
   18/10/2017 - Intensificadas ações sobre a paz e combate à violência dentro e fora das escolas
   18/10/2017 - Prefeito assegura apoio à reivindicações da comunidade de Olivença
   18/10/2017 - Projeto Executivo da Vila Gastronômica é entregue ao estado para licitar
   18/10/2017 - Não há radar escondido na ponte, garante diretor da Sutran
   18/10/2017 - Temporada de cruzeiros turísticos começa dia 10 de dezembro
   18/10/2017 - Estádio Mário Pessoa vai ser requalificado
   16/10/2017 - Religiosos fazem caminhada pela paz e pelo fim da intolerância
   11/10/2017 - Caixa entrega chaves e dá prazos para moradores do Residencial Vilela mudarem
   11/10/2017 - Autoridades da aviação civil farão visita técnica ao Aeroporto Jorge Amado
   11/10/2017 - Escola faz desfile na zona sul em defesa do meio ambiente
   11/10/2017 - Social realiza atividades socioeducativas no Dia das Crianças
   11/10/2017 - Rede hoteleira registra taxa média de ocupação de 80 por cento no ´feriadão´
   11/10/2017 - Projeto Informar para não afogar tem mais uma etapa na Praia do Norte
   11/10/2017 - Escolas Municipais comemoram o Dia da Criança
   11/10/2017 - Novos integrantes do Conselho de Cultura de Ilhéus tomam posse dia 25
   11/10/2017 - Prefeitura já efetivou 56 por cento das vagas do concurso público
   11/10/2017 - Servidores da Superintendência de Obras recebem novo fardamento e EPIs
   8/10/2017 - Ilhéus se vestiu de rosa para marcar luta pelo combate ao câncer de mama
   8/10/2017 - DPU Itinerante leva informação para população sobre seguridade social
   7/10/2017 - Organizações serão capacitadas para monitorar orçamento público para mobilidade



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout