Bahia
Presidente da UPB diz que municípios terão que cortar gastos e fazer demissões
Eures Ribeiro

Crédito: Ascom

Na abertura da capacitação de gestores realizada pela União dos Municípios da Bahia (UPB) e o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM/BA) nesta quarta-feira (20/9), em Juazeiro, o presidente da UPB, Eures Ribeiro, apontou que a crise dos municípios pode ficar ainda mais crítica neste segundo semestre. “Não temos dinheiro novo, a repatriação foi um fiasco. A única perspectiva que cada gestor tem é cortar gastos, fazer demissões e rever contratos”, denunciou.

Eures, que é prefeito de Bom Jesus da Lapa, no Oeste baiano, criticou o cenário político brasileiro, que levanta suspeitas sobre todos os políticos. “A crise moral tomou conta desse país. Esse é o grande desafio de nós prefeitos. Não é só sermos honestos temos que provar que somos honestos”, destacou ao orientar os gestores a buscar austeridade nas contas públicas e seguir expressamente as recomendações da lei.

A dificuldade dos municípios brasileiros em cumprir as exigências da legislação, diante da brusca queda de arrecadação que enfrentam, foi destaque do evento. Até a próxima sexta-feira (22/9), a cidade do Vale do São Francisco sedia o UPB Itinerante, treinamento realizado este ano em oito cidades polo da Bahia para orientar prefeitos e técnicos municipais na prestação de contas aos órgãos de controle.

Na ocasião, o contexto das contas públicas na Bahia, em que mais de 90% das contas julgadas em 2016, referente ao exercício de 2015, foram rejeitadas ou aprovadas com ressalva pelo Tribunal, fez o prefeito de Juazeiro e diretor da UPB, Paulo Bomfim, reforçar a importância do UPB Itinerante. “A gente precisa de mais treinamento, e por isso quero agradecer a UPB por essa capacitação e a Eures por está em nossa região hoje”. Até o fim deste ano, a União dos Municípios espera capacitar 75% dos técnicos municipais responsáveis por ordenamento das despesas, licitação e controle interno.

A complexidade do sistema jurídico que envolve a prestação de contas e penaliza muitos municípios foi apontada pelo Diretor Adjunto da Escola de Contas do TCM/BA, Adelmo Guimarães, como o principal motivador da rejeição. “O Tribunal de Contas, apesar de seguir estritamente a legalidade, não tem prazer de rejeitar as contas dos gestores. Existem alguns pontos que nós, que somos operadores do Direito, não temos como alterar, temos que seguir a legislação”, explicou completando que “alguns conflitos só serão resolvidos com a alteração da legislação, que é de competência dos senadores e deputados”.

Essa nona edição do UPB Itinerante, realizada no Vale do São Francisco, contou ainda com a participação de instituições como Caixa Econômica, Sebrae e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) que oferecem orientações sobre convênios, compras de micro e pequenas empresas e estágio. Fizeram parte da mesa de abertura da capacitação o presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território do Sertão do São Francisco (CONTESF) e prefeito de Canudos, Genário Rabelo; o gerente da Gigov da Caixa de Feira de Santana, Silvio José Conceição; o superintendente do Banco do Nordeste na Bahia, Antônio Jorge Pontes Júnior; o gerente regional do Sebrae em Juazeiro, Carlos Rafael Cointeiro; o presidente da Câmara Municipal de Juazeiro, Alex Tanuri e o coordenador da unidade do IEL em Juazeiro, Leonardo Sampaio.


Eures Ribeiro

Crédito: Ascom

 
Mais Notícias
   15/10/2018 - Funceb levará artistas e agentes culturais do interior do estado para o Fiac
   15/10/2018 - Governo discute relações de comércio com embaixador da Espanha no Brasil
   14/10/2018 - Flica é encerrada com debate sobre protagonismo da mulher negra na literatu
   9/10/2018 - Incêndio atinge fazenda próximo a Barragem Rio Colônia em Itapé
   3/10/2018 - UESC é a estadual melhor avaliada no RUF
   26/9/2018 - Fiol tem audiência pública em Salvador
   26/9/2018 - Ilhéus e Itabuna recebem classes hospitalares e domiciliares para estudantes
   29/8/2018 - Prêmio contempla 22,5 mil policiais por redução da violência
   29/8/2018 - Concessão da Fiol será debatida com sociedade civil em audiências públicas
   24/8/2018 - Estado espera receber 800 mil cadastros ambientais rurais
   7/8/2018 - Estudo de viabilidade técnica e econômica da Fiol é aprovado
   25/7/2018 - Por unanimidade, TCM aprova retirada dos terceirizados do índice de pessoal
   16/7/2018 - Prorrogadas as inscrições para 9 mil vagas em cursos técnicos de nível médio
   9/7/2018 - Governo entrega estudos da BR-415 ao TCU
   22/6/2018 - Governador decreta luto de cinco dias pela morte de Waldir Pires
   30/5/2018 - Rui anuncia convocação de 288 universitários pelo Partiu Estágio
   26/5/2018 - Rui declara apoio a manifestações e garante serviços públicos
   24/5/2018 - Rui assina projeto que estimula o conhecimento sobre a democracia em escolas
   23/5/2018 - Abertura da Marcha a Brasília ressalta expectativa por vitórias municipalistas
   23/5/2018 - Fazenda de Cacau em Una mantinha trabalho escravo, segundo MPF



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout