Cidade
GACC finaliza projeto de capacitação para detecção precoce de câncer infantil
Um olhar cuidadoso para o câncer infantil

Crédito: Google

No próximo dia 14 de julho, a partir das 14h, no auditório da UESB, o Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC) - Sul Bahia com apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Jequié e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB realiza o encerramento do projeto de Diagnóstico Precoce, intitulado “Detecção Precoce: o caminho mais curto para a cura”.  Na cerimônia de encerramento, além da entrega de certificados, será feita a premiação da Unidade de Saúde da Família que vencer a Gincana Solidária, de arrecadação de alimentos para o GACC Sul Bahia.

O projeto que teve a duração de quatro meses, sensibilizou e capacitou um total de 219 profissionais da Estratégia de Saúde da Família, entre médicos, odontólogos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem e de saúde bucal, agentes comunitários de saúde e alguns profissionais de apoio ao programa de saúde da família, da Secretaria Municipal de Saúde, quanto aos principais sinais e sintomas do câncer infantojuvenil.

No dia 13 de julho, pela manhã, será ministrada aula exclusiva para os médicos da atenção básica e à tarde a aula para os profissionais da regulação SUS e contará com a presença de Drª Teresa Cristina Cardoso Fonseca, coordenadora científica da capacitação, presidente do GACC Sul Bahia e atual presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica e do Drº Hassan Andrade Iossef, secretário de saúde do município.

O Programa Diagnóstico Precoce, desenvolvido pelo GACC Sul Bahia desde 2003 e patrocinado pelo Instituto Ronald McDonald a partir de 2008, já capacitou mais de 1.500 profissionais da Estratégia de Saúde da Família nos municípios de Itabuna (2003 e 2011), Ilhéus (2004), Ipiaú (2011), Eunápolis (2012), Vitória da Conquista (2013), Porto Seguro (2014 e 2015), Jequié (2016) e até o final do ano estará chegando a Itapetinga (2017). O projeto surge da necessidade de se atuar de forma mais eficiente no combate ao câncer infantojuvenil, que é hoje um problema de saúde pública, haja visto que o câncer é a primeira causa de morte por doença na faixa etária de 0 a 19 anos.

“Quando começamos a tratar as crianças e adolescentes com câncer aqui na região, em 1995, o desafio maior era conseguir oferecer tratamento adequado e condições de acesso a este tratamento. Depois que você tem toda uma estrutura hospitalar, ambulatorial e de assistência social organizada, você descobre que não basta oferecer tratamento e condições de acesso a este tratamento: no caso do câncer infantojuvenil, que é uma doença de rápida evolução e cujos sintomas se assemelham muito com várias doenças da infância e adolescência, percebeu-se que a maior arma para se combater a doença era o diagnóstico precoce. Quanto mais cedo se descobre a doença, maiores são das chances de cura e menos agressivo é o tratamento. Neste sentido, o Programa Diagnóstico Precoce vem para, utilizando um programa que já existe na rede pública (Saúde da Família), chamar a atenção dos profissionais que estão na porta de entrada do sistema de saúde, para os principais sinais e sintomas da doença”, explicou Maria Cecília Limoeiro, Coordenadora Técnica do Programa.

Ainda de acordo com Maria Cecília, o programa já apresentou resultados: “Desde que iniciamos a capacitação dos profissionais de Jequié, já foram encaminhados 7 casos suspeitos para a unidade de tratamento na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. O que reflete os primeiros resultados deste trabalho”, salientou.


Um olhar cuidadoso para o câncer infantil

Crédito: Google

 
Mais Notícias
   17/8/2017 - Movimento articula recuperação da BA 676
   17/8/2017 - Faculdade Madre Thaís participa da Semana da Família
   15/8/2017 - II Simpósio multidisciplinar em saúde da FMT será em setembro
   7/8/2017 - Rodolfo Pamplona Filho faz palestra na FMT nesta quinta
   7/8/2017 - Ilhéus terá, dia 8, capacitação para rastreamento do câncer de mama
   4/8/2017 - Curso de Direito da FMT comemora Dia do Advogado
   31/7/2017 - Professores da FMT se preparam para o Enade
   14/7/2017 - Faculdade oferece vagas em 13 cursos de bacharelado
   8/7/2017 - GACC promove noite cultural para lançar campanha pela cura do câncer
   8/7/2017 - Faculdade Madre Thaís oferece vestibular para Arquitetura e Urbanismo
   8/7/2017 - Encontro debate saúde do trabalhador em educação
   4/7/2017 - Instituição facilita o ingresso no ensino superior
   30/6/2017 - Jussari vai criar lei para declarar Ceplac patrimônio científico imaterial
   29/6/2017 - Pesquisa participativa ouve 78 por cento dos trabalhadores da Educação em Una
   26/6/2017 - Coordenadora do curso de Serviço Social da FMT discute programa com americanos
   22/6/2017 - Faculdade Madre Thaís oferece vestibular agendado e com data fixa
   15/6/2017 - Mais um curso da Faculdade Madre Thaís recebe reconhecimento do MEC
   6/6/2017 - Ilhéus sedia I Encontro Municipal de Promoção da Igualdade Racial
   6/6/2017 - Alunas da FMT são aprovadas em programas da FAPESB e CNPq
   3/6/2017 - UFSB e UESC preparam evento nacional em Ilhéus



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout