A foto que é fato
Absurdo
O absurdo no Calçadão

Crédito: Divulgação

As lideranças do comércio de Ilhéus são extremamente competentes na hora de cobrar ações às gestões municipais. Elas chegam sempre recheadas de queixas sobre falta de investimento, a inexistência de um olhar cuidadoso com as áreas da cidade onde o comércio é forte. No entanto, o comércio fala uma coisa e pratica outra.

Neste feriado, caminhões a serviço de alguma empresa instalada no "Calçadão da Paranaguá" circulavam na área restrita a pedestres. Além do perigo natural, a área não é preparada para receber o peso dos veículos e, muito provavelmente, se não for hoje, o calçamento, um dia, irá ceder.

A pergunta é: quando isso ocorrer, quem vai pagar esta conta.

A população? Ou os chorões que não se olham no espelho? 


O absurdo no Calçadão

Crédito: Divulgação

 
Mais Notícias
   1/1/2016 - Governo esquece centenário de prédio que guarda história da cidade
   1/1/2016 - Chegada de 2016 em Salvador
   19/10/2015 - Não, não é um estacionamento. É uma praia, acreditem!
   18/10/2015 - Perigo à vista
   7/10/2015 - A história virou mate
   21/9/2015 - Caminhoneiros fazem protesto no Distrito Industrial de Itabuna
   20/9/2015 - A cultura da enganação e a inaceitável maquiagem
   7/9/2015 - Catedral é a mais nova vítima do vandalismo
   24/8/2015 - Tinha uma pedra no caminho
   28/7/2015 - Mandou a pessoa certa?
   27/7/2015 - A pescaria na avenida
   25/7/2015 - A vitrine e o descaso
   2/7/2015 - Entregue aos urubus
   30/6/2015 - E se voltar a chover forte?
   29/6/2015 - Cartão-Postal da cidade também sofreu com alagamento
   29/6/2015 - Barranco cede na avenida Canavieiras
   29/6/2015 - Central de Abastecimento prejudicada
   29/6/2015 - Trânsito lento no centro
   29/6/2015 - Idosos foram pegos de surpresa
   29/6/2015 - Rua Eustáquio Bastos após as chuvas desta manhã



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout