Bahia
Calouros da UESC podem participar do Programa Mais Futuro
Campus da Uesc

Crédito: Arquivo/Jonildo Glória

Com o objetivo de promover a permanência e melhoria do desempenho dos estudantes das universidades estaduais baianas, o programa Mais Futuro está com inscrições abertas até o dia 31 de março. Mas, o estudante que está ingressando na UESC no semestre 2017.1 tem a oportunidade de fazer a sua inscrição no programa “Mais Futuro”. Para ter acesso ao auxílio permanência ou às vagas de estágio, os alunos devem se cadastrar no site do programa, desde que atenda aos requisitos legais.

Terão acesso ao sistema de inscrições digitando o CPF no campo destinado ao número da matrícula do estudante e poderão fazê-lo tão logo a universidade faça a carga de dados desses aluno no sistema e comunique aos alunos. Link:http://maisfuturo.educacao.ba.gov.br/permanencia

Para ter acesso ao auxílio permanência ou às vagas de estágio, os alunos devem se cadastrar no site do programa. Não haverá prorrogação do prazo.

O ‘Mais Futuro’ é um programa de assistência estudantil criado pelo Governo para garantir a permanência dos estudantes que se encontram em condições de vulnerabilidade socioeconômica, nas universidades públicas estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc).

O auxílio terá valor de R$ 300 ou R$ 600 mensais. O primeiro valor é destinado a universitários que estudam a até 100 quilômetros da sua cidade de origem. Já o segundo é para aqueles que moram em cidades a mais de 100 quilômetros de distância do campus onde estão matriculados. Estando dentro do perfil (vulnerabilidade socioeconômica) do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso.

No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado. Os estudantes que já estão na fase final do curso e atendem os critérios também podem ingressar no programa, já na fase do Estágio.

Entre os critérios para participar do Programa Mais Futuro estão: possuir renda familiar mensal de até três salários mínimos; ter registro atualizado no CadÚnico (Cadastro Centralizado de Programas Sociais do Governo Federal); não possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior. 

CadÚnico - Para efetuar a Inscrição ou Atualização do Cadastro Único, condição indispensável e obrigatória para participar do Programa Mais Futuro, o Responsável pela Unidade Familiar deve se apresentar no posto de atendimento do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família ou CRAS – Centro de Referência em Assistência Social no município de origem, munido de seus documentos e dos documentos dos demais membros da família para realização do cadastro ou atualização cadastral. A pessoa denominada de Responsável pela Unidade Familiar (RF), deve ter pelo menos 16 anos e, preferencialmente, ser mulher.

A iniciativa integra o Programa Educar Para Transformar e tem como meta beneficiar nove mil estudantes universitários em condições de vulnerabilidade socioeconômica. Eles terão acesso a auxílio financeiro para dar continuidade aos estudos e evitar o abandono do curso superior por falta de condições de concluir a graduação. Segundo o governador, o Mais Futuro é um grande passo para a educação superior pública no estado e terá um investimento de cerca de R$ 50 milhões até o fim de 2018.


Campus da Uesc

Crédito: Arquivo/Jonildo Glória

 
Mais Notícias
   24/4/2017 - Rui lança em Itabuna o programa Escolas Culturais
   24/4/2017 - Prefeitos debatem novo modelo de regulação e pactuação de saúde
   22/4/2017 - Governador garante reforma em escolas das regiões dos assentamentos do MST
   17/4/2017 - UESC começa período letivo com calourada e ações afirmativas
   13/4/2017 - PM inicia operação nas rodovias estaduais para feriadão
   12/4/2017 - OAB estadual completa 85 anos
   11/4/2017 - Estado oferece 2,5 mil vagas de estágio para universitários
   7/4/2017 - Professores do estado mobilizam para greve geral
   3/4/2017 - Entrega de Documentos da Chamada Geral da UFSB começa na quarta
   30/3/2017 - Estado intensifica ações de controle do vírus da febre amarela
   30/3/2017 - Estado promove mais de 1.300 professores e coordenadores por titulação acadêmica
   29/3/2017 - Municípios precisam ter Plano de Carreira da Educação sustentável
   28/3/2017 - Governador Rui em Ilhéus e Itabuna nesta quarta
   26/3/2017 - Direito é o curso melhor avaliado na Uesc, segundo Enade
   24/3/2017 - Clone de cacaueiro da Ceplac garante mais de 100 arrobas por hectare
   24/3/2017 - Prefeitos baianos debatem plano de carreira da educação nesta terça
   22/3/2017 - PRE apura servidores que podem ter se candidatado apenas para tirar licença
   20/3/2017 - A prevenção na segurança pública passa pela educação, afirma Rui
   15/3/2017 - Ônibus tomba parcialmente na BR 251; buracos prejudicam agricultores
   14/3/2017 - Presidente da UPB quer discutir com concessionária iluminação pública



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout