Ilhéus
Vereador pede escola para atender novas comunidades da zona sul
Paulo Carqueija

Crédito: Ascom

O plenário da Câmara Municipal de Ilhéus aprovou, por unanimidade, o requerimento do vereador Paulo Carqueija (PSD) que solicita ao governador Rui Costa, ao Secretário Estadual de Educação e ao Prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, a viabilização da construção de uma Unidade Escolar localizada entre o Bairro Nossa Senhora da Vitória e os Conjuntos Habitacionais “Sol e Mar I” e “Sol e Mar II”.

Segundo Paulo Carqueija, a solicitação foi motivada pela necessidade de atender tanto às 2.120 famílias contempladas com novas moradias no Sul da cidade, quanto às comunidades rurais dos distritos do Couto e do Santo Antônio, além de absorver também os alunos do Colégio Estadual Padre Luiz Palmeira, que foi desativado por conta da construção da nova ponte de Ilhéus.

Ainda segundo o vereador, o papel da prefeitura neste momento é assumir as devidas providências e começar a estabelecer, desapropriar e doar uma área do município que possa atender a essa demanda. “Estas pessoas são responsáveis pela expressiva expansão populacional no setor do extremo-sul da cidade e precisam de melhor infraestrutura para se estabelecerem com dignidade na região juntamente com suas famílias”, afirma o parlamentar.

“Nós precisamos nos debruçar de fato sobre as estatísticas, sobre os números, para sabermos de verdade quais são os locais da cidade que realmente precisam de uma escola. Entre os bairros Hernani Sá, Nelson Costa e Pontal temos 12 unidades escolares públicas no total, ou seja, existem vagas ociosas nesses locais, ouve-se até que uma professora chegou a sortear uma bicicleta para estimular a matrícula em sua turma. Porém, na região entre o bairro Nossa Senhora da Vitória e os conjuntos habitacionais Sol e Mar I e Sol e Mar II, do empreendimento Minha Casa Minha Vida [MCMV], a carência por escolas é grande, existe a dificuldade de deslocamento e a real necessidade da instalação de uma unidade escolar pública naquele local, de preferência uma escola de ensino médio, e isso só poderá ser realizado com o apoio do Governo do Estado da Bahia”, salientou o edil.


Paulo Carqueija

Crédito: Ascom

 
Mais Notícias
   23/5/2017 - Ilhéus autoriza reajuste salarial do servidor após cinco anos de congelamento
   23/5/2017 - Governo encontrou 30 mil inscritos para 3 mil unidades do MCMV
   23/5/2017 - Curso de Atualização em Melanoma Cutâneo acontece neste sábado
   23/5/2017 - Maio Amarelo debate conscientização na faixa de travessia de pedestre
   23/5/2017 - Público do Teatro Municipal de Ilhéus já ultrapassou 10 mil pessoas este ano
   22/5/2017 - Mais estradas vicinais são recuperadas
   22/5/2017 - Evento de tecnologia contou com mais de 60 horas de palestras e conferências
   22/5/2017 - Iluminação pública ganhará reforço com nova licitação para prestação de serviço
   22/5/2017 - Oito grupos de dança se apresentam nesta quarta no ‘Maio, mês da dança’
   22/5/2017 - Prefeito e secretários se reúnem com governo para acertar participação na ABAV
   20/5/2017 - Há 25 anos mãe de aluna da Escola da Vergonha viveu mesmo drama no mesmo lugar
   20/5/2017 - Marão tenta destravar obras de Ilhéus em Brasília
   20/5/2017 - Banco Central recebe diversos atendimentos à população
   20/5/2017 - Luta contra violência infanto-juvenil tem caminhada de alerta
   20/5/2017 - Distribuição da merenda escolar é regularizada
   18/5/2017 - Prefeito desativa ´para sempre´ a ´Escola da Vergonha´
   18/5/2017 - Eleição das Câmaras Setoriais da Cultura será online
   18/5/2017 - Passeios ciclísticos alertam para prevenção de acidentes no trânsito
   18/5/2017 - Aeroporto Jorge Amado completa 79 anos
   18/5/2017 - Desafios e caminhos para o e-commerce são discutidos no NIBS



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout