Ilhéus
Centro Pop realiza oficinas para socializar moradores de rua
Centro Pop realiza oficinas

Crédito: Secom/Victor Kruschewsky

O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), vinculado à secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus, está realizando oficinas para socialização dos usuários. Nesta terça-feira, 07, foi iniciada a primeira aula da oficina de capoeira, que levou muita alegria e entretenimento aos assistidos.

A secretária Soane Galvão ressalta que o Desenvolvimento Social está trabalhando no sentido de humanizar cada vez mais os serviços existentes, de forma diferenciada. “As oficinas são uma forma de reinserir essas pessoas no mercado de trabalho, onde elas possam ser bem cuidadas e valorizadas, saindo da condição sub-humana de não ter uma assistência social digna de convivência em sociedade”.

O Centro Pop, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, realiza, em média, de 20 atendimentos diários, e oferece aos usuários café da manhã, almoço e lanche da tarde. Daniella Hoisel, coordenadora geral do Centro Pop, relata que inicialmente serão realizadas oficinas de leitura, artesanato e capoeira, todas com professores voluntários. “Nosso objetivo é manter os usuários ocupados durante o período que eles passam aqui e, ao mesmo tempo, trabalhar a socialização, a convivência entre eles e sociedade”.

O Centro de Referência faz parte da rede de proteção do município e tem como objetivo formalizar o encaminhamento desse público aos órgãos e entidades que compõem esse círculo, e proporcionar a regularização de documentos, ações de saúde, emprego, educação, entre outros.

O Mestre Jenilson Negão, presidente do Conselho de Mestres de Capoeira de Ilhéus e integrante do grupo de Capoeira Camarada Camaradinha, é um dos voluntários do projeto e diz como é importante a participação da comunidade nos projetos sociais da cidade.

"A ação é uma forma de valorizar essas pessoas que necessitam de uma atenção especial, fortalecendo os valores de convívio e dando oportunidade para quem necessita. Participar desses projetos é uma forma de demonstrar amor e solidariedade ao próximo”, acrescentou o Mestre Jenilson Negão.

Voluntariado – As oficinas estão sendo realizadas em parceria com a organização não governamental Amparo Melhor. Pessoas interessadas em participar do projeto de voluntariado devem entrar em contato com a coordenação do Centro Pop, através do telefone (73) 9114-3720.


Centro Pop realiza oficinas

Crédito: Secom/Victor Kruschewsky

 
Mais Notícias
   26/7/2017 - Horário de funcionamento da APPI é alterado
   26/7/2017 - Jornalistas de Revista de Bordo produzem matéria sobre a cidade
   26/7/2017 - Prefeito nomeia membros do Conselho Municipal de Cultura
   25/7/2017 - Alunos do Vitória visitam festival para aprender sobre produção de chocolate
   24/7/2017 - Das 113 vans escolares cadastradas na Sutran, apenas 26 foram vistoriadas
   24/7/2017 - Diretor do Detran anuncia investimentos
   22/7/2017 - Candidatos são entrevistados para vagas temporárias na SDS
   21/7/2017 - Projeto-piloto de iluminação cênica já valoriza Teatro e Casa de Jorge Amado
   20/7/2017 - Entrevistas do processo seletivo da SDS começam nesta sexta
   20/7/2017 - Festival Internacional do Chocolate estimula os setores de Turismo e Negócio
   20/7/2017 - Prefeito assina Termo de Adesão ao Programa de Regionalização do Turismo
   20/7/2017 - Estradas prejudicadas pelas chuvas começam a ser recuperadas
   20/7/2017 - Ação Verde trabalha sustentabilidade e educação ambiental com moradores do MCMV
   20/7/2017 - ECA celebra 27 anos e terá sessão especial na Câmara
   19/7/2017 - Faculdade Madre Thaís participa do Festival Internacional do Chocolate e Cacau
   19/7/2017 - PAA movimenta economia do pequeno agricultor e melhora vida dos assistidos
   19/7/2017 - Processo seletivo da SDS inscreveu mais de 5 mil pessoas
   19/7/2017 - Soares Lopes será interditada sábado para o Circuito Cacau Running
   19/7/2017 - Governo atende sugestão do MP e suspende novas nomeações
   19/7/2017 - Serviços em ruas afetadas pela chuva só poderão ser feitos quando o tempo estiar



© Jornal Bahia Online | Todos os direitos reservados.   Layout